terça-feira, 19 de julho de 2011

Os miminhos fugiram para o cão!

As delícias do casamento, da união de facto, do namoro de longa data.

Ontem à noite eu estava sentado no sofá, a ver televisão, quando ouvi a voz
da minha mulher vinda da cozinha:
- O que tu vais querer para o jantar, meu amor? Frango, carne ou pernil?
Eu disse:
- Vou querer frango querida, obrigado.
Ela respondeu:
- Tu vais é comer sopa! Eu estava a falar com o cão.

1 comentário:

TINTINAINE disse...

Isso é o que se chama - "estar abaixo de cão"!