sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Esta é de morte!

A barriga do padre crescia cada vez mais. Descartada a hipótese de cirrose, os médicos concluíram por uma intervenção exploratória, já que não havia razão para aquilo.
A cirurgia mostrou que era mero acumulado de líquidos e o problema foi sanado.
Estudantes de medicina que tinham assistido à operação resolveram pregar uma partida ao padre e quando este acordou da recuperação pós-cirúrgica eles colocaram-lhe um bebé nos braços.
O padre, espantado, perguntou o que era aquilo e os rapazes disseram que era o que ele tinha na barriga. Passado o espanto e tomado de ternura, o padre abraçou a criança e não quis mais separar-se dela.
Como se tratava de um filho de mãe solteira que morrera durante o parto, os rapazes envidaram todos os esforços para que o padre ficasse com a criança.
Os anos passaram e a criança, apresentada à comunidade como filho adotivo do padre, transformou-se num homem que se formou em medicina. Um dia o padre, já velhinho e sentindo que estava a chegar a sua hora de partir, chamou o rapaz e disse:
- Meu filho, tenho o maior segredo do mundo para te contar, mas tenho medo que fiques chocado.
O rapaz, que já tinha intuído de que se tratava, disse compreensivo:
- Já sei. Adivinhei há muito tempo. O senhor vai-me dizer que é meu pai biológico.
-Não, disse o padre, emocionado, sou a tua mãe! O teu pai é o bispo!

2 comentários:

Roaquim Rosa disse...

bom dia
pelo menos foi sincero !!!
BFS
JAFR

Edumanes disse...

Essa é de facto surpreendente,
até faz rir quem não tem vontade
o padre criou a criança inocente
o bispo seu prazer à felicidade!