sexta-feira, 23 de abril de 2010

Loura «burra»!

Num escritório trabalhavam três raparigas e tinham uma chefe. A cada dia elas notavam que a chefe saía sempre mais cedo.
Um dia todas decidiram que, quando a chefe saísse, elas fariam o mesmo.Afinal, depois de sair, a chefe nunca mais voltava, nem dizia mais nada, por isso estariam seguras. E porque é que também não poderiam ir para casa mais cedo?
A morena ficou absolutamente radiante por ir para casa mais cedo. Pôde tratar um pouco do jardim, passar algum tempo a brincar com o filho, e foi para a cama mais cedo. 
A ruiva ficou também deliciada com esse tempinho extra. Aproveitou para uma curta aula no ginásio antes de se preparar para um encontro ao jantar. 
A loura ficou contente por chegar a casa mais cedo e surpreender o marido, mas quando chegou ao quarto, ouviu vários sons abafados. Abrindo a porta lenta e silenciosamente, ficou mortificada por ver o marido com a sua chefe em grande acção na cama! Suavemente fechou de novo a porta e saiu da casa. 
No dia seguinte, durante a pausa para café, a morena e a ruiva planeavam sair de novo mais cedo e perguntaram à loura se ela queria fazer o mesmo. 
- Nem pensar! - foi a resposta - Quase que fui apanhada ontem!

2 comentários:

Valdemar disse...

Tão Belas são as Loiras
Há mesmo lindas donzelas
Conheci algumas Touras
Bom tempo passei com elas.
II
Mas que sejam loiras reais
Não pela água óxisnada
Como brasas, são demais
As articiais não valem nada
III
Há Loiras que recordo
De momentos bons e não más
Lembro-me e ainda acordo
Pedindo a Suecas e as alemás

TINTINAINE disse...

Ah valente Valdemar! Só hoje vi este comentário, mas mais vale tarde que nunca.
Aqui nunca há comentários. Nem sei se alguém vê isto!