quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

O Génio!

Um homem caminhava pela praia de Cascais e tropeçou numa velha lâmpada. 

Pegou nela, esfregou-a e...um génio saltou lá de dentro, que disse: 
'O.K.! Libertaste-me da lâmpada, blá, blá, blá! Esquece aquela história dos 3 desejos! Tens direito a um desejo apenas e ponto final! 


O homem disse:
Eu sempre quis ir aos Açores, mas tenho um medo enorme de
voar...e no mar costumo ficar enjoado. Podes construir uma ponte até
aos Açores, para eu poder ir de carro? '

O génio riu muito e disse:
Impossível. Pensa na logística do assunto. Como é que os pilares chegavam ao fundo do Oceano Atlântico? Pensa em quanto betão armado, em quanto aço, em quanta mão-de-obra...
Não, de maneira nenhuma! Pensa noutro desejo.

O homem compreendeu e tentou pensar num desejo realmente possível.
' Fui casado e divorciado 4 vezes. As minhas mulheres disseram sempre que eu não me importava com elas e que era um insensível.
Então, é meu desejo compreender as mulheres; saber como se sentem por dentro e o que estão a pensar quando não falam connosco; saber porque estão a chorar... saber realmente o que querem quando não dizem nada...saber como fazê-las realmente felizes!

O génio respondeu:
Esquece a merda das mulheres! Queres a ponte com duas ou quatro faixas?

3 comentários:

Artur/Leiria disse...

Castiça sim senhor! Ou antes mais uma entre todas, valente!
Andas à procura da estátua não andas?

TINTINAINE disse...

E quanto mais alta melhor!
Para se ver ao longe!

Artur/Leiria disse...

Guloso! De alturas, basta as bravuras ‘bloguísticas’… vai-te contentando com os elogios por agora, pá!
Arturio